Feira das Yabás comemora os 96 anos da Portela com show, roda de samba e feijoada




Exaltando sempre os bens culturais imateriais dessa região, a Feira Musical e Gastronômica, Feira das Yabás, tem no mês de abril uma edição pra lá de especial.

Uma das mais belas vozes da nova geração do samba, Bia Aparecida, filha da cantora Dorina Barros fará a abertura do evento que acontece neste domingo, dia 14 de abril , a partir das 13h, na Praça Paulo da Portela , em Oswaldo Cruz.

Já a Tradicional Roda de Samba de Marquinhos de Oswaldo Cruz terá como convidados: primeiro, o extraordinário Trombonista Marlon Sette, que lembrará as rodas de choros do subúrbio e suas gafieiras, numa homenagem ao dia do choro, comemorado no dia 23 de abril. E também, comemorando os 96 anos da Portela, Marquinhos de Oswaldo Cruz receberá a Velha Guarda Show da Portela.

Marlon Sette

Grandes nomes da MPB, como Dona Ivone Lara, Leandro Sapucahy, Leci Brandão, Arlindo Cruz, Danilo Caymmi, Fátima Guedes, Jongo da Serrinha, Guinga, dentre outros, já marcaram presença no evento Cultural. A festa tem patrocínio da Prefeitura Municipal da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura da Cidade do Rio de Janeiro, a realização da Associação Veia Cultural e assessoria de imprensa da Código Morse Assessoria de Imprensa e Comunicação.

Bia Aparecida

Opções culinárias

Além da boa música, o público ainda poder aproveitar para experimentar a culinária típica do subúrbio carioca e pratos de origem africana, nas 16 barracas expositoras do evento, sob o comando das matriarcas das famílias mais importantes e tradicionais da região de Oswaldo Cruz: um imenso restaurante a céu aberto. Entre as muitas opções, estão o mocotó e o aipim com carne seca da Tia Surica, baluarte da Velha Guarda da Portela. A refeição mais concorrida é a rabada com batata da Dona Neném, a mais velha das tias, com 87 anos que, além da rabada, também prepara angu e bolinho de abóbora recheado com carne-seca. Neide Santana, serve feijoada de camarão, angu à baiana e feijão amigo. Já na barraca da Jane Carla, é vendido cozido de peixe. A expositora Romana vai de carré com couve à mineira à moda carioca, jabá e caldinhos de mocotó, feijão e ervilha. Bobó de camarão é o prato da Jussara, e Selma Candeia, filha do sambista Candeia, oferece abóbora com carne seca. A combinação de peixe frito, molho de camarão, pirão e arroz fica sob a responsabilidade da Tia Nira. Já Tia Edith, apresenta macarrão com carne assada, enquanto Vera Caju, mostra o seu cozido, camarão frito e caldo de abóbora. Rosimeri Cruz, serve a deliciosa galinha com quiabo e Jane Pereira, mostra o jiló frito, além de caldos e canjas. Rosângela Maria, leva a tripa lombeira e o bolinho de bacalhau para a Feira e Marlene apresenta roupa velha e feijoada. E, se você ainda não estiver satisfeito, pode experimentar a vaca atolada, a carne com aipim e o croquete de carne seca, preparado com os mesmos ingredientes da vaca atolada, da Tia Natércia e da Sueli. Para arrematar, as expositoras Vera de Jesus e Janaina de Jesus, preparam doces deliciosos. Os preços das refeições ficam em torno de R$ 30,00.

Serviço:

Feira das Yabás – Música, Cultura e Gastronomia.

Atrações: Roda de Samba de Marquinhos de Oswaldo Cruz recebe Marlon Sette e Velha Guarda Show da Portela . Show de Abertura: Bia Aparecida, filha da cantora Dorina Barros.

Quando: Domingo, 14 de abril de 2019.

Hora: a partir das 13h.

Local: Praça Paulo da Portela, Oswaldo Cruz – Rio de Janeiro

Evento gratuito.

Mais informações: 21- 97042-3110

Classificação: Livre




Avatar
Sobre Leonardo Oliveira Brito 542 Artigos
Estudante na formação, jornalista na alma e na prática. Passou pela Agência Jovem de Notícias durante a Rio+20, foi repórter do projeto CDD NA TELA, ainda passou pelos sites Destino ATW, Na Tijuca, Carnavalesco e SRZD cobrindo de forma destacada os Carnavais de 2015, 2016 e 2018 e foi integrante do exitoso projeto de jornalismo comunitário da REDE GLOBO, Parceiros do RJ entre 2013 e 2014. Autor do Blog do Léo desde 2016, se viu na função e na obrigação de criar um novo veículo, diante da lacuna que a cidade enfrenta e da crise, superada pelo trabalho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.